NAS AFLIÇÕES

Meu Deus! Pai amantíssimo.

Tu que conheceis nossas misérias, em Vossa infinita bondade, ouça favoravelmente os votos que neste momento vos dirijo!

Se meu pedido for inconsiderado, perdoai-me.

Se, porém, ao Vossos olhos ele for justo e útil, consenti que os mensageiros de Vossa Divina Vontade venham em meu auxílio, para que realizados sejam os meus desejos.

Contudo, seja qual for o resultado, meu Pai, cumpra-se a vossa Vontade.

Se em Vossos sábios Desígnios, eu não puder ser atendido, submeterme-ei sem murmurar.

Permita que não seja abalada a minha fé e resignação. E darei louvores para que Vosso nome seja tributado.